COMO ADQUIRIR O FILHOTE
O primeiro passo a ser dado antes de comprar um filhote é obter uma lista de criadores idôneos. Em seguida, marque um visita para conhecer o canil , o criador e verifique como os cães são tratados.
Inspecione os cães de cada criador, as condições em que são mantidos e peça para ver os pais dos filhotes. É difícil deixar para trás um filhotinho, porém é aconselhável conhecer outros criadores para saber distingüir os idôneos e os chamados de cachorreiros , pessoas que criam somente visando ao lucro, submetendo inclusive as matrizes a maus tratos e criando seus cães trancados em gaiolas. Boicote estes “Cachorreiros”, é a única maneira de diminuir os maus tratos a estes pobres animais que são usados apenas para procriar.

É extremamente importante a aquisição de um filhote saudável e bem cuidado. Um filhote doente ou que foi criado de maneira precária irá precisar de tratamento médico e provavelmente não se desenvolverá bem psicológica e fisicamente. Encontrar o criador certo e o filhote certo evitará uma grande dor-de-cabeça e o mais importante em caso de perda do filhote, o desgaste físico e psicológico da família.

Mais uma vez pedimos que, durante sua inspeção, certifique-se de que o ambiente no qual os filhotes se encontram esteja limpo e que haja bastante espaço para eles brincarem. Observe a interação entre eles; veja se parecem saudáveis e felizes. Observe a pelagem e sobretudo a aparência dos filhotes e seus respectivos pais. Se tudo estiver aparentemente bem com os filhotes, não há com que se preocupar. No mundo dos cães, pensamos que os melhores são encontrados nos PET SHOPS ou FEIRAS DE FILHOTES. Isso é um grande erro, pois são bem mais caros e de baixa qualidade, além do risco de adquirir um filhote que após uma semana poderá ficar doente em sua casa.

Nunca se sinta tentado a comprar um filhote “barato”, pois na maioria das vezes, os oferecidos por preços baixos não têm qualidade e provavelmente não são puros e têm saúde precária. Lembre-se de que o barato sempre sai caro.

Não confie naqueles que não deixam ver o canil, pois há algo de errado no “reino canino deles”. Nesse caso, não pense duas vezes, dê meia volta e “bye bye”. Um criador idôneo terá o prazer de mostrar como os cães são tratados e indicará nomes de pessoas que adquiriram filhotes. Certifique-se, ligue e pergunte se eles estão satisfeitos com a aquisição. Então, quando você estiver seguro, vá ao criador escolhido. É hora de adquirir o filhote tão desejado e que preencha as suas necessidades, propósitos e estilo de vida.

Nós, do MIDNIGHT EAGLE, agradecemos e desejamos felicidades quanto à escolha do seu novo membro da família.

ESCOLHA CERTA, FILHOTE SAUDÁVEL
Compre um filhote somente quando tiver tempo de dar-lhe atenção merecida, pelo menos durante os primeiros dias. Não é aconselhável comprá-los com menos de oito semanas de idade, pois ainda não estão prontos para saírem de perto da mãe ou da segurança de seus irmãozinhos. A escolha de um filhote como animal de estimação e membro de sua família é muito diferente de selecionar um com potencial para exposição. Contudo, em ambos os casos, deve-se enfatizar tanto a boa saúde quanto a procedência do filhote. Ao observar o filhote, avalie o canil e o ambiente onde vive. Certifique-se da higiene local e se os cães são bem tratados. Sinta-se livre para perguntar qualquer coisa e peça para ver os filhotes que estão à venda. Observe-os brincando e procure olhos brilhantes, nítidos e limpos, pelagem limpa, sedosa e viçosa, dentes brancos, uma gengiva rosada e vistosa. As orelhas devem estar livres de qualquer tipo de prurido, cera ou inflamação. Observe a pele do filhote e verifique se não há mordidas de insetos ou manchas vermelhas ou pele ressecada. O hálito do filhote deve ser isento de cheiro azedo ou de qualquer outro tipo indesejável; isso pode indicar uma alimentação de baixa qualidade ou vômito recente. A área do bumbum não deve estar irritada ou apresentar qualquer indício de inflamação. Embora muitos prefiram filhotes com menos de 60 dias, aconselhamos prestar especial atenção aos filhotes com idade superior a oito semanas de vida, pois estarão mais preparados para saírem de perto da mãe. Seus músculos estarão reforçados ; eles serão capazes de caminhar e correr com mais segurança. E, naturalmente, sinta-se à vontade para brincar com os filhotes. Eles devem mostrar interesse, estarem alerta e curiosos com quase tudo à sua volta. Isso é um sinal de que os filhotes estão saudáveis. Nós estamos sempre à sua disposição para dar dicas de como manter o novo membro da família bonito e saudável. Oferecemos um certificado veterinário, atestando que o filhote está gozando de plena saúde, isento de qualquer parasita externo ou interno e que foi vacinado adequadamente pelo médico veterinário responsável. Na carteira de vacinação constarão os tipos de vacinas e as datas em que deverão ser administradas.

Agradecemos por ter entrado em contato conosco e nos prontificamos a lhe instruir sobre como cuidar do seu novo companheiro, como preparar-se para recebê-lo no ambiente domiciliar, seu relacionamento com crianças, alimentação, e qualquer outra informação que queira saber.

MACHO OU FÊMEA

Existem pouquíssimas diferenças no comportamento. Os machos são tão afetuosos, dóceis, carinhosos e amigáveis quanto as fêmeas. Às vezes até mais. O comportamento dependerá muito mais do temperamento individual do que do seu sexo. Em caso de você ter comprado um filhote (mais velho) macho para o qual não foram ensinadas regras de boa conduta nos primeiros meses de vida, haverá possibilidade de ele causar alguns constrangimentos, como fazer xixi em lugares não desejados. Não o repreenda com severidade. Simplesmente tente distraí-lo brincando com ele ou leve-o para passear e dispender suas energias. Elogie e dê a ele um biscoito para cães quando ele usar o banheiro no lugar certo. Existe uma grande possibilidade de nós usarmos o macho em questão para acasalar com nossas fêmeas, caso ele seja um exemplar de boa qualidade.

Considerando a aquisição de um exemplar fêmea, é importante saber que ela entrará no cio aproximadamente duas vezes ao ano. O cio e a menstruação não constituem um problema grave. O único problema é ficar atento para que não haja acasalamento (entre membros da mesma raça) ou cruzamento ( entre membros de raças distintas ) inesperado. Uma fêmea perde muito da pelagem quando entra no cio, durante e após o desmamar dos filhotes. Caso não queira usar a fêmea como matriz, aconselhamos castrá-la. Isso corrigirá a queda da pelagem e servirá como precaução contra câncer de mama e infecção uterina. Essas enfermidades acontecerão com freqüência ao longo do envelhecimento da mesma. Mais uma vez pedimos que procure um veterinário de sua confiança, pois ele saberá esclarecer quaisquer dúvidas.

Nossos filhotes são muito especiais. Acho que a 1ª. condição, obrigatória, para que sejam especiais é o amor aos animais e à raça em questão.
São criados com rações de 1ª. linha, desde a época do desmame. A vermifugação começa antes da cobertura da mãe e os filhotes já tomam a 1ª. dose aos 20 dias de vida . A ninhada é observada 24 horas por dia. Adotamos, já há mais de 30 anos, o critério de entregar filhotes saudáveis e fortes, acompanhando todo o seu crescimento e tentando ajudar sempre o novo proprietário no que for possível, tanto na fase de crescimento, como com cães já adultos em acasalamento, ninhadas, etc...